Re-leitura e Envio Jubileu dos Catequistas na Diocese do Porto

Ao terminar o Ano Santo da Misericórdia, os Catequistas da Diocese do Porto recordam a celebração do Jubileu através dum álbum/vídeo de fotografias e dum vídeo dos «passos dos Santos e Beatos da Catequese», elaborado a partir da peregrinação preparada pelo Pontificium Consilium da Nova Evangelização, por ocasião da celebração do Jubileu dos catequistas em Roma. Não se trata apenas de lembrar mas de fazer memória e re-ler a caminhada jubilar como incentivo a percorrer os caminhos propostos por Dom António Francisco aos catequistas, na homilia da celebração do Jubileu, no dia 25 de setembro:  «Importa, primeiramente, fazer esta experiência de encontrar Cristo no coração de cada pessoa»;  «O segundo caminho consiste em conhecer e encontrar-se com Cristo através da Palavra de Deus»;  «Um terceiro caminho, igualmente necessário e imprescindível, para nos conduzir ao encontro com Cristo é o amor pela Igreja. Só na comunhão da Igreja a catequese se torna possível»;  «Um caminho essencial e convergente com os anteriores que nos conduzem a Cristo é a vivência e a experiência de vida sacramental»  «Peço-vos, igualmente, uma grande abertura à prioridade a dar à pastoral vocacional»;  «É essencial, por fim, que saibamos dar nas palavras e na vida uma particular atenção aos pobres e aos que sofrem. O anúncio do Evangelho e a transmissão da fé são caminho da construção da paz, da misericórdia, da reconciliação e da justiça…». Caminhos que deverão ser trilhados na continuidade do espírito do “Ano Santo da Misericórdia” que trouxe «a valorização de uma urgente cultura do encontro, da proximidade, da compaixão e da misericórdia (….) atenta a todos e capaz de fazer chegar a cada pessoa esta certeza única de que Deus nos ama como Pai», como referiu Dom António Francisco, na mensagem à Diocese. Na celebração conclusiva do Ano Santo da Misericórdia, de dia 20 de novembro, ecoou um convite: «façamos desta hora um momento de ação de graças e de envio em missão para que possamos irradiar por toda a parte o amor misericordioso de Deus». Secretariado Diocesano da Educação Cristã da Diocese do Porto